Revista Atlântica

Lançada ao mar, desde o seu cais de partida, em Portimão, uma terra entre dois mares, a Atlântica navegou durante seis edições entre o lado de cá e o lado de lá do oceano, correspondendo ao “aceno que leva para longe o nómada das águas”, como escreveu Lídia Jorge no primeiro número da revista.